De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

domingo, 24 de outubro de 2010

Canção de Amergin, poema Irlandês

"Eu sou o vento que sopra sobre os mares,
Eu a onda do oceano,
Sou o touro de sete combates,
Sou o abutre sobre as rochas,
Sou um raio de Sol,
Sou a mais bela das plantas.
Sou a valentia do javali,
Sou o salmão nas águas,
Sou um lago na planície,
Sou todo um mundo de conhecimentos,
Sou o deus que criou o fogo da mente,
Sempre vivi,
Já fui tudo."
Share |

2 comentários:

  1. Claro que pode Andreia! Qdo quiser!!!! E mais uma vez obrigado pela oportunidade de divulgação do meu trabalho.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Flores de Lis... prá você!