De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

domingo, 7 de julho de 2013

Soneto: Os Ciganos

(Autor desconhecido)

OS CIGANOS

Ciganos, filhos mágicos da Natureza,
que peregrinam nos tropeços do Destino,
e que na Aldeia, junto ao fogo, entoam o hino
da dor, da bem-aventurança e da beleza.

Seres de um misticismo nômade e genuíno,
Filhos da Santa Sara egípcia, que a rudeza
guardou no sangue de seu áureo manto fino,
E fez de seu espírito uma fortaleza.

Através dos desertos, entre estrelas claras,
Cantai pelos ocultos símbolos do arcano
os vossos corações de pedrarias raras;

Cantai os ríspidos rincões, a tempestade, 
Ciganos, príncipes do sentimento humano, 
dos violinos rapsódicos da liberdade !

(Autor: Juan Marcello)
Share |