De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Museu Cigano - The Gordon Boswell

Esse museu cigano está localizado na Inglaterra. Um sonho em objetos, um tesouro em fotografias e um encanto de carroças.
Eles possuem o maior acervo de fotografias e esboços de ciganos dos últimos 150 anos. Contam também com uma coleção de utensílios de cozinha e uma tenda de cartomnacia. É possivel fazer uma visita com duração de 02 horas ou viver uma experiência Cigana, um dia especial com duração de 06 horas, onde é possivel desfrutar a paz e a tranquilidade em volta de uma fogueira, e servido uma refeição com carne a maneira tradicional cigana.
Quem estiver na Inglaterra, ou tiver oportunidade, vale a pena conferir.

O Museu funciona de sexta, sábado, domingo e feriados, das 10:30 às 17h. Conta com estacionamento, estrutura para grupos escolares, aluguel de carros e souvenirs.
Os preços variam de £ 3,00 a £ 7,25.
Endereço: Clay Lago, Spalding Lincolnshire, Inglaterra. PE12 6BL 6BL PE12.
Share |

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Apenas uma frase


"Nada vos pertence mais do que os sonhos vossos!"
(Frederich Nietzsche)
Share |

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Vídeo: Persian Dance

Hoje me deparei com esse vídeo e fiquei encantada! Uma menininha dançando uma música folclórica no Irã. Tão pequenina e tão doce com sua dança. No Irã, faz parte da cultura, as crianças aprenderem a dançar desde pequenas.

Não resisti e procurei mais sobre essa dança, mas com adultos, apenas para termos noção do quanto essa garotinha é talentosa.

Adorei!
Share |

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Banho de Rosas Vermelhas


Banho de rosas vermelhas, simples e eficaz! Esse banho é destinado aos casos de amor, para aquecer ainda mais os romances, aflorar a sensualidade ou simplesmente aumentar a auto estima.

Ferva dois litros de água, acrescente pétalas de rosas vermelhas e uma colher de mel. Desligue o fogo, e abafe. Após seu banho normal, despeje esse banho do pescoço para baixo, mentalizado sua imagem de forma positiva e atraindo o amor (de modo geral e "nunca" alguém específico) para sua vida.

Boa sorte!
Share |

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Uma busca sem fim...

"Uma busca sem fim..."
É assim que sinto quando o assunto é "ciganos".

Na semana passada recebi um recadinho super carinhoso da leitora Zélia, dizendo assim:
"Amei ter encontrado em seu blog tudo o que eu precisava com relação a esse adorado, misterioso e envolvente povo cigano....é uma busca incessante de não sei o que? quem sabe meu mundo perdido? bjs"

E esse recado expressou exatamente como são os meus sentimentos em relação ao mundo cigano, uma busca incessante e sem fim. A vontade de conhecer, aprender, admirar, e buscar sempre mais, como se sempre houvesse um "mais" e sempre há. É uma conquista a cada pesquisa, um prazer a cada livro, uma emoção a cada música, uma alegria a cada dança.

O mundo cigano é assim, uma caixinha de surpresas, cheia de encantos e magia.
Considerando todo sofrimento que esse povo já passou, todo preconceito que ainda existe, a força persiste em cada olhar. Um exemplo de dignidade e lealdade à sua cultura e aos seus antepassados. De braços abertos os recebo, reverenciando-os com todo carinho.
Zélia seja sempre bem vinda!
Bjssss. Andréa
Share |

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Amor Cigano

Cigana eu sou...
E neste lugar...
Sou livre como as aves...
Que voam por todo o lugar...
E sobrevivem a grandes temporais...

Em volta desta fogueira...
Embaixo desta Lua cheia...
Cantamos e dançamos...
A noite inteira...

O cigano canta...
E toca sua guitarra...
Onde as ciganas bem enfeitadas...
Dançam e tocam suas castanholas...

A musica hipnotiza...
Ciganas entram na roda...
Como é bom dançar...
Se sentir livre e poder cantar...

Escolhi esta noite...
Para neste reino...
Só por uma noite...
Um amor cigano...
Eu poder encontrar...
(Vania Staggemeier)
Share |

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Música e Vídeo: Dança viva - Paula Fernandes

Há pouco tempo, em visita ao Blog da querida Cora, me deparei com o vídeo de uma música que eu não conhecia, Ok de Paula Fernandes, lindíssima! E como não me satisfaço apenas com uma música, busquei pelo cd, que também é inteiro muito belo, e para minha supresa, me deparei com essa música: Dança viva, toda cigana e envolvente, uma música que nos remete à alegria e à paz! Vale a pena conferir!


Dança Viva
Paula Fernandes
Composição: Paula Fernandes
"Parece sonho que diriam me entregar
Perdendo o juízo me rendendo a ti sem pensar
Em ser serenata nessa hora de te encontrar
Contando os segundos dessa dança viva tocar
Coração cigano paradeiro um certo será
E rumo ao deserto e chegar em alto mar
Parei com meu amor cigano em seu peito resolvi morar,
Meu destino é contigo ficar
Para com esse medo bobo e escuta a música tocar
Vem comigo a certo o corpo a baila"
Share |

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Consagração de Estatuetas Ciganas


O post de hoje é exclusivo em resposta a alguns e-mails que recebi sobre como consagrar uma imagem, seja de ciganos, ou entidades religiosas.
Primeiramente siga sua sua intuição! Não há nada mais correto e saudável do seguir o que manda a intuição. Darei algumas dicas, porém faça suas adaptações e faça como mandar seu coração. Não existem regras obrigatórias de consagração, apenas alguns detalhes que podem fazer a diferença.
Escolha sua imagem de preferência, uma cigana, um cigano ou os dois, um casal de ciganos.
Faça a consagração na lua cheia ou crescente. Lave as estátuas em água corrente, se puder dê um banho de mar (é perfeito para consagrações), em seguida mergulhe-as em um recipiente com água e sal grosso, mantenha-os na água por alguns minutos, enquanto isso mentalize o que representa aquela estátua para você, mentalize energias positivas, mentalize o respeito por nossos antepassados, peça que toda energia negativa seja afastada da sua vida. Em seguida retire da água e dê outro banho em água corrente. Seque-a e coloque em seu local de destino, um altar, ou outro móvel que deseja colocá-la. Acenda 03 velas, uma laranja para os antepassados, uma vermelha para os ciganos e uma azul clara para Sta Sara. Coloque uma taça com água e um incenso de sua preferência. Faça a seguinte oração:

"Salve Santa Sara Kali! Salve todo todo cigano! Que essas imagens sejam irradiadas pela sua força e se faça presente em todos os momentos da minha vida, para minha proteção, força e elevação espiritual. Que assim seja e assim se faça!"

Geralmente as estatuetas são vendidas de forma simples e cruas, apenas com pinturas. Após a consagração, para que a estátua tenha um pouco da sua energia, você poderá realçar alguns pontos, colocando pequenos acessórios, como: colares, pulseiras, pedras, lenços e até mesmo colorindo ainda mais alguns detalhes. Use a criatividade!
Espero ter esclarecido, qualquer dúvida, em escrevam!

Andréa - Flores de Lis
Share |

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Vídeo: Eva Yerbabuena

Um pouquinho de flamenco para inspirar o dia!
Bailarina Eva Yerbabuena em um documentário chamado "Pulse: A Stomp Odyssey" (2002) com a colaboração de: Paco Jarana, Segundo Falcón, Enrique Soto, Coronel Antonio Gutiérrez e Salvador. Um encanto de movimentos ....
Um lindo domingo!
Share |

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Decepção?

Meu post de hoje é de desabafo, ou seria de decepção?
Há muitos anos eu admiro e estudo sobre a cultura cigana e tudo mais desse mundo místico e mágico. A maioria das minhas postagens são textos meus, frutos dos meus cursos, experiências vividas, leituras, pesquisas e até mesmo experiências passadas a mim por ciganos legítimos, enfim... Já cheguei a passar horas e horas preparando textos, pesquisando livros para trazer ao blog títulos interessantes e idôneos. Também faço minhas pesquisas na internet, e quando encontro algum texto interessante, trago para o meu blog com todo respeito e indicação da fonte. Em alguns casos, como poesias e ilustrações já cheguei a pedir autorização para os autores... Um gesto simples e uma forma de divulgar o trabalho de todo mundo.
Hoje, para minha surpresa, navegando pela net, me deparei com a cópia publicada de uma página inteira... da minha página de Sta Sara. Até as imagens são as mesmas, na mesma sequência da minha página. Poxa... podiam ao menos terem citado a fonte né?
A internet é livre, está aí para ser lida, copiada e reproduzida. Não me importo que usem meus textos, pelo contrário, fico extremamente feliz quando alguém admira alguma postagem a ponto de querer reproduzi-la, e sempre autorizo com todo meu carinho.
Sejamos sensatos!
Share |

Ritual para Rainha do Mar

Ontem 02/02, foi dia de Iemanjá, Deusa lunar que representa o ritmo da vida que se repete, ciclicamente, assim como as marés ela está ligada a tudo o que tem água. Iemanjá preside os nascimentos e para Ela se fazem rituais antes do parto. Ela é comparada à Deusa Ártemis e Diana.
Esse é um ritual para renovação e limpeza, que pode ser feito qualquer dia do ano, sempre que sentir necessidade.
Antes de fazer este ritual terá que tomar banho de limpeza e vestir uma roupa clara preferentemente azul ou branca. Se puder faça isto na praia. Se não puder, prepare em sua casa uma mesa que deverá cobrir com toalha azul clara simbolizando água. No centro, coloque um recipiente grande com água, dentro ponha algumas conchas do mar, flores brancas, anis estrelado, flores de camomila, perfume suave de alfazema e um punhado de sal grosso. Rodeie com sete velas azuis claras e sete brancas. Com as velas acesas, imagine-se à beira do mar. Sinta a água do mar batendo em seus pés e veja as mãos amorosas de Iemanjá chamá-la para dentro do mar. Entre e sinta a suavidade da água tocando seu corpo e Iemanjá recebendo-a com todo o seu amor. Converse com Ela, entregue-lhe seus problemas e peça conselhos. Permaneça alguns minutos e saia do mar. Perceba que Mãe Iemanjá a acompanhou até a beira do mar e lhe convidou para voltar e encontrá-la quantas vezes quiser ou precisar. Volte para seu estado consciente serenamente. Abra seus olhos e olhe bem para a água da bacia. Tome banho deixando cair suavemente a água desde a sua cabeça. Sinta tudo o que você colocou caindo pelo seu corpo. Respire profundamente e exale com suavidade. Deixe que seu corpo se seque sozinho enquanto recolhe tudo do chão e coloca dentro de um saquinho de papel azul claro que colocará debaixo da sua cama à altura da sua cabeça para dormir. Preste atenção a seus sonhos, se os tiver, porque pode receber mensagens ou soluções para seus problemas. No dia seguinte, junte tudo o que restou do banho e leve para um lugar com água, de preferência mar, ou rio ou lago. Ou deixe numa praça ou jardim. Agradeça a Iemanjá pela ajuda.
Boa sorte!

(Fonte:www.somostodosum.ig.com.br)
Share |