De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

A Cigana das Sete Saias


Eu sou a cigana das setes saias , muito prazer ...
Eu ilumino o seu belo alvorecer !
Eu sou a cigana das sete saias ,
Que liberta todas as lacaias !

Eu bebo todas as cores do universo ...
Transformando a música em verso !
As minhas saias escondem segredos ,
Que não são brinquedos !

Eu sou a cigana das sete saias ,
Que liberta todas as lacaias !
A primeira saia é branca ,
Pura , meiga e franca !

Ela é toda feita de renda ...
Que ilumina a minha senda !
A segunda saia é cor – de – rosa ...
Perfumada e formosa !

Esta saia bonita ...
É feita de chita !
A terceira saia é azul – turquesa ...
Cheia de magia e beleza !

Ela é da mais pura seda javanesa ...
Com toda a certeza !
A quarta saia é verde cor da floresta ...
Ela significa a natureza em festa !

Ela é feita de filó ...
E nunca me deixa só !
A quinta saia é alaranjada ...
E tem um brilho de apaixonada ...

Ela é feita de brim ...
E me faz sorrir assim !
A sexta saia é da cor carmim ...
Feita do mais puro cetim !

A sétima saia é de um preto bem escuro ...
Um tanto sério e um tanto duro !
É nela que a noite vem se esconder ...
Antes do belo amanhecer !

Eu sou a cigana das sete saias ,
Que liberta todas as lacaias .

(Luciana do Rocio Mallon)
Share |

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

A Sexualidade Cigana

Um dos povos mais sensuais e esteriotipados como grandes sedutores, é o povo cigano, os gitanos sempre envolventes em sua forma de tratar uma mulher, sorridentes, dançantes, as ciganas sempre muito sorridentes , alegres e vistosas atraem olhares por onde passam.
Contudo, mesmo que o povo cigano seja o maior defensor da liberdade em todos os aspectos, muito se engana quem pensa que por serem um povo sedutor não possuem regras quanto a questão sexual e que tudo é permitido.
Para os ciganos o sexo é a concretização de um ato de amor, a chance da formação familiar e por isso é muito respeitado, não sendo nunca tratado de forma leviana, as ciganas, inclusive, precisavam casar virgem, mas depois de casados, o casal cigano podia curtir sua sexualidade de forma integral.
Ainda é muito discutido se a questão das ciganas não poderem usar saias curtas tem a ver com a tendência das vestimentas de épocas mais remotas que reprimiam qualquer sensualidade maior ou se é porque alguns grupos ciganos que migraram do Oriente Médio também acreditavam que da cintura para baixo as ciganas eram "impuras" por causa da menstruação e não era positivo desejar o que é impuro.
A sedução, a beleza do povo cigano podem ser muito tentadores, porque são naturais, intrínsecos e não forçado, mas nunca será direcionado ao sexo vil e a imoralidade.
(Fonte:www.mundomystiko.blog.terra.com.br)
Share |

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Para ser...


"Para ser, haja como se fosse."
Share |

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Mensagem de uma Cigana

"Durante toda a caminhada, mantivemo-nos vigilantes de nossos filhos. Dentre ao que nos é permitido: zelamos, defendemos, acolhemos, aconselhamos, ralhamos, acarinhamos e ensinamos.
Alguns acompanharam nossas caravanas, por prados, florestas, montanhas, lamaçais, durante a ventania, o sol escaldante dos desertos, a chuva e o bom tempo. Outros se cansaram, sentaram-se à beira do caminho até o último de nós passar, e retomaram a áspera caminhada a nos seguir. Ainda outros, se distanciaram de nós por algum tempo e ainda assim conseguiram nos alcançar. A estrada da vida é árdua, as pedras do caminho machucam os pés e o turbilhão de emoções maculam o coração e às vezes, deixam cicatrizes profundas na alma.
Mas por favor, filhos não percam a fé, nem desistam da caminhada.
Quem compartilha de nossa energia é forte como as rochas, ardente como o fogo, suave como a brisa e transparente como a água. Sejam livres como os pássaros que voam, mesmo que em seus pensamentos! Tenham a beleza e a sutileza da flor que desabrocha e perfuma.
Não desistam do caminho a ser trilhado, para que nunca se afastem de nossa caravana.
O tempo não existe e amanhã, os pandeiros chocalharão, fitas coloridas se agitarão e então, veremos a dança da vida e se fará festa. E nós, aqui estaremos de braços abertos para recebê-los em espirais de amor! Que Diel olhe por todos nós!"

(por Kamai- morada dos deuses)
Share |

sábado, 25 de setembro de 2010

Primavera

A primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la. A inclinação do sol vai marcando outras sombras; e os habitantes da mata, essas criaturas naturais que ainda circulam pelo ar e pelo chão, começam a preparar sua vida para a primavera que chega.

Finos clarins que não ouvimos devem soar por dentro da terra, nesse mundo confidencial das raízes, — e arautos sutis acordarão as cores e os perfumes e a alegria de nascer, no espírito das flores.

Há bosques de rododendros que eram verdes e já estão todos cor-de-rosa, como os palácios de Jeipur. Vozes novas de passarinhos começam a ensaiar as árias tradicionais de sua nação. Pequenas borboletas brancas e amarelas apressam-se pelos ares, — e certamente conversam: mas tão baixinho que não se entende.

Oh! Primaveras distantes, depois do branco e deserto inverno, quando as amendoeiras inauguram suas flores, alegremente, e todos os olhos procuram pelo céu o primeiro raio de sol.

Esta é uma primavera diferente, com as matas intactas, as árvores cobertas de folhas, — e só os poetas, entre os humanos, sabem que uma Deusa chega, coroada de flores, com vestidos bordados de flores, com os braços carregados de flores, e vem dançar neste mundo cálido, de incessante luz.

Mas é certo que a primavera chega. É certo que a vida não se esquece, e a terra maternalmente se enfeita para as festas da sua perpetuação.

Algum dia, talvez, nada mais vai ser assim. Algum dia, talvez, os homens terão a primavera que desejarem, no momento que quiserem, independentes deste ritmo, desta ordem, deste movimento do céu. E os pássaros serão outros, com outros cantos e outros hábitos, — e os ouvidos que por acaso os ouvirem não terão nada mais com tudo aquilo que, outrora se entendeu e amou.

Enquanto há primavera, esta primavera natural, prestemos atenção ao sussurro dos passarinhos novos, que dão beijinhos para o ar azul. Escutemos estas vozes que andam nas árvores, caminhemos por estas estradas que ainda conservam seus sentimentos antigos: lentamente estão sendo tecidos os manacás roxos e brancos; e a eufórbia se vai tornando pulquérrima, em cada coroa vermelha que desdobra. Os casulos brancos das gardênias ainda estão sendo enrolados em redor do perfume. E flores agrestes acordam com suas roupas de chita multicor.

Tudo isto para brilhar um instante, apenas, para ser lançado ao vento, — por fidelidade à obscura semente, ao que vem, na rotação da eternidade. Saudemos a primavera, dona da vida — e efêmera.

(Fonte: Texto extraído do livro "Cecília Meireles - Obra em Prosa - Volume 1", Editora Nova Fronteira - Rio de Janeiro, 1998, pág. 366)
Share |

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Livro: Oráculo Cigano

Buenas!!!
Hoje trago uma dica super bacana de um livrinho de bolso. Um oráculo Cigano em formato de livro! Ideal para acompanharmos em todos os lugares... Não, não é exagero... é para nos acompanhar sim! Uma mensagem de otimismo ou até mesmo de alerta é sempre muito bem vinda! O livrinho é de fácil manuseio, ele traz respostas para suas dúvidas do dia a dia ou até sobre aquelas questões mais secretas. Basta mentalizar uma pergunta ou situação e abrir o livro aleatoriamente, pronto, lá estará a resposta que precisa naquele momento! As páginas possuem respostas como: sim ou não + um conselho e como cartas do baralho cigano + um conselho. Eu adoro esse oráculo, e já tenho o meu. A Autoria é de Rosalinda da Matta, o livrinho é pequeno, em formato de bolso e tem 120 páginas. O preço varia de R$ 10 a R$ 15 reais.
Agora vem a parte ruim, esse oráculo não é fácil de encontrar, geralmente é disponibilizado em livrarias físicas ou virtuais, mas esgotam muito rápido, então, se der a sorte de encontrar um desse dando sopa por aí, agarre-o que ele é seu!
Share |

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Música: Mediaeval Baebes

Que tal começar o dia com uma música estilo medieval? Ou adormecer ao som de uma flauta doce? Bom demais! Música para massagear o coração, fechar os olhos e voltar ao passado, mas num passando bem distante... hoje quero apresentar uma banda que descobri há alguns anos e me apaixonei desde a primeira música que ouvi, "Mediaeval Baebes", um trabalho lindíssimo com músicas em etilo medieval, música pra relaxar e viajar.
O Mediæval Bæbes é um grupo musical constituído apenas por mulheres, formado em 1996 por Katharine Blake e Teresa Casella da banda Miranda Sex Garden. Para além destes dois elementos, o grupo é variavelmente constituído por mais nove. As suas composições musicais são uma fusão da música e do teatro medievais, desde o mais tradicional ao mais contemporâneo. As suas músicas são interpretadas em diversas línguas, onde se incluem o latim, inglês arcaico, francês, italiano, russo, sueco, cadenet, escocês, alemão, língua manesa, galês, bávaro, provençal, inglês contemporâneo e língua córnica. Os seus cantos são acompanhados por instrumentos medievais incluindo a flauta doce e a cistre.
O seu primeiro álbum, Salva Nos de 1997, chegou ao segundo lugar da tabela de música clássica do Reino Unido, tendo o segundo álbum, Worldes Blysse de 1998, atingido o primeiro lugar.

Discografia
Álbuns
Salva Nos (1997)
Worldes Blysse (1998)
The Best of the Mediæval Bæbes (1999, uma compilação de temas dos dois primeiros álbuns)
Undrentide (2000, produzido por John Cale dos Velvet Underground)
The Rose (2002)
Mistletoe and Wine: a Seasonal Collection (2003, uma colectânea de músicas relacionadas com o Natal, dos anteriores álbuns, e novos temas)
Mirabilis (2005)
Live (2006, álbum ao vivo que inclui duas novas músicas de estúdio)
Illumination (2009)

DVD
Mediæval Bæbes Live (DVD, 2006)
Mediæval Bæbes Live At The Gloucester Cathedral (DVD, 2009)

Trilhas sonoras
The Virgin Queen (2007, série para televisão)

Para conhecer um pouquinho mais, clique aqui.
Para ver e ouvir, clique aqui.
Share |

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

A Vida...


"Nossa vida muda a cada segundo, mas é a soma de todos os momentos que faz com que você seja tão diferente e tenha uma história que só você pode contar, isso porque a vida não é feita de traços retos, perfeitos e comuns. A vida é feita do seu talento de transformar até os mais simples acontecimentos em lembranças inesquecíveis."
(Autor desconhecido)

Uma linda semana a todos!
Share |

domingo, 19 de setembro de 2010

Cigano Pablo

O Cigano Pablo, viveu nessa Terra há muito tempo atrás, comandava uma tribo cigana em Andaluzia. Nasceu, cresceu e viveu sempre dentro de suas tradições. Teve 03 filhos, porém o primogênito resolveu se rebelar contra as tradições. Se impôs contra o casamento que haviam prometido no seu nascimento, e ainda esteve de namoro com outras moças ciganas da tribo, o que causou grande indisposição dos ciganos principalmente com um cigano que o levou a um grande duelo pela honra. E Pablo, como pai e conhecedor da inexperiência do filho para um duelo, ocupou o seu lugar, ciente de que não venceria o jovem cigano. Desencarnou nas mãos de um cigano irado por seu filho ter desonrado sua prometida. Deixou sua esposa e três filhos sob a proteção de Sta Sara.
Pablo usava na orelha direita uma argola de ouro com uma minúscula turquesa. No pescoço ele trazia um cordão de ouro com um pingente em forma de dado, também feito de ouro. Esse cigano adorava mexer com folhas. As suas ervas preferidas eram o cólchico e o timbó-mirim. Esta última é ramosa, de cor verde-esbranquiçada; sua flor é rosa. Essa erva dá uma vagem dentro da qual existem várias sementes iguais a um feijão, na cor azul. É da semente dessa erva que se faz o anil e era dessa semente que Pablo fazia o pó que utilizava para magias diversas. Pablo também usava, como seu pai, um copo de couro e três dados grandes para fazer suas vidências. A fase da lua da sua preferência era a crescente.

Ritual
250g de trigo para quibe
2 claras de ovos batidas em neve com açúcar cristal
5 gotas de anilina azul
1 tacho de cobre pequeno
4 moedas atuais
1 vela de 7 dias azul
1 incenso de sândalo
Coloque o trigo no tacho. Cubra com as claras em neve. Coloque por cima as moedas. Acenda o incenso e a vela e faça a oração:
"Meu cigano Pablo, me proteja, me ajude a nunca mais faltar dinheiro em minha vida, pelo poder da natureza,"
Deixe em casa como proteção para o seu lar.

Oração
Cavaleiro da noite e do dia,
Homem forte e corajoso,
É à força de um grupo cigano, é poder.
Com teu violino encantas a Lua Cheia.
Com teu sapateado ajudas a Mãe-Terra
A sentir teu lamento cigano e sentes na relva
A energia mais profunda da Natureza.
Ao olhar a fogueira decifra o que dizem as labaredas,
Pois é na chama do fogo que são revelados os mistérios do mundo.
Cigano, és homem forte e seguro do que queres.
Cigano, és amor, carinho, ternura e paixão ardente.
Cigano, pareces árvore frondosa de tronco grosso,
A proteger-nos das falsidades desta vida terrena.
Ao olhar para o infinito, possa eu sentir a tua energia.
Cigano, ao olhar a chuva caindo na relva,
possa eu sentir-te lavando-me das impurezas deste mundo;
E ao olhar a chama de uma vela, possa eu sentir-te a dizer-me:
"Estou te protegendo".

Ponto de Umbanda
“Eu vi um formoso Cigano
Sentado na beira do Rio
Com seus cabelos negros
E os olhos cor de anil
Quando eu me aproximava o cigano me chamou
Com seus dados nas mãos
O cigano me falou
Seus caminhos estão abertos
Na saúde, na paz e amor,
Foi se despedindo e me abençoou
Eu não sou daqui, mas vou levar saudades,
Eu sou o Cigano Pablo, lá das Três Trindades.”
Share |

sábado, 18 de setembro de 2010

Ramalhete protetor


Além de delicado, decorador, é bom para proteção! Um ramalhete com as seguintes flores: rosa amarela, calêndula, crisântemo, girassol, galhinhos de louro e alecrim, é excelente amuleto de proteção, que poderá ser colocado em um vaso com água, na entrada de casa, no seu quarto ou cozinha. Boa Sorte!
Share |

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Ritual Mágico de Reconciliação


Muitas vezes nos deparamos com situações mal resolvidas, desentendimentos, indisposições e até mesmo com aquela sensação "meu santo não bateu com tal pessoa", enfim, somos regados de sentimentos, fraquezas, mas tudo faz parte do nosso crescimento e principalmente do aprendizado que traçamos a cada dia.
Um ritual bem simples pode ajudar em situações delicadas, caso você precise pedir perdão ou se entender com alguém. Coloque duas folhas de árvores diferentes em um mesmo envelope e, entre elas, uma folha de seda verde com seu pedido de desculpas. Depois queime tudo na chama de uma vela verde. E se tranquilize, pois o mundo mágico vai preparar os caminhos dessa reconciliação. Boa sorte!
Share |

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Amuletos Naturais

Amuletos naturais são aqueles encontrados na natureza. Se você encontrar uma concha ou se uma flor chegar até você trazida pelo vento, saiba que foi agraciado com um presente da natureza. Procure não jogar fora esses amuletos, mantenha-os em seu poder, guarde-o com você. São presentes dos Deuses, das forças vivas da terra. São amuletos que trazem sorte para sua vida. E ainda, se estiver vivendo uma grande paixão, saiba que é uma dádiva que vai ao encontro aos seus mais puros sentimentos. Boa sorte!
Share |

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Cantiga Cigana das 7 Moedas

Numa estrada de areia
Eu vi uma cigana a bailar
Era a Sete Moedas
Que bailava a luz do luar
Era a sete moedas
Que bailava a luz do luar

Baila, baila cigana,
Baila para ajudar
O seu bando precisa de forças
Para poder caminhar,

Baila, baila cigana
Baila para ajudar
O seu bando precisa de forças
Para poder caminhar

Bailando pediu a lua
Proteção pro seu bando passar
A lua ouviu sua prece
E junto com as estrelas abençoou

Baila, baila cigana,
Baila para ajudar
O seu bando precisa de forças
Para poder caminhar,

Baila, baila cigana
Baila para ajudar
O seu bando precisa de forças
Para poder caminhar

Quem quer seguir com seu bando
Aqui uma moeda vai deixar
Na força de Sete Moedas
A sua estrada nunca mais se fechara

Baila, baila cigana,
Baila para ajudar
O seu bando precisa de forças
Para poder caminhar,

Baila, baila cigana
Baila para ajudar
O seu bando precisa de forças
Para poder caminhar

Quem quer seguir com seu bando
Aqui uma moeda vai deixar
Na força de Sete Moedas
A sua estrada nunca mais se fechara

Baila, baila cigana,
Baila para ajudar
O seu bando precisa de forças
Para poder caminhar,

Baila, baila cigana
Baila para ajudar
O seu bando precisa de forças
Para poder caminhar.

(Autor desconhecido)

Share |

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Música: Ronn Marckes

O músico Ronn Marckes, cigano do clã Calon, foi o primeiro artista a ser entrevistado pelo Jornal da Gente na edição nº 1, em fevereiro de 1999. De lá para cá, o músico aprofundou seus conhecimentos na cultura cigana e optou pelo resgate e difusão desses valores.
- "Decidi fazer um trabalho sobre aquilo que eu gosto. Peguei as raízes ciaganas e as desenvolvi. Mas continuo fazendo MPB, só que 95% do meu trabalho são composições próprias", explicou Ronn.
Em 2000, ele lançou o CD Terra Cigana, com músicas próprias e versões do grupo Gipsy Kings; em seguida, lançou o CD Vida Cigana, com 11 músicas próprias. Os discos não possuem selo e são vendidos durante as apresentações ao vivo que são feitas nos finais de semana em tendas ciganas, em casas noturnas e espaço de eventos em diversos municípios.
"Minhas músicas mostram a vida em sua relação cotidiana, as diferenças sociais e o menosprezo da sociedade para com os ciganos", afirmou.
Para Ronn, "a cultura cigana precisa ser melhor difundida para ser mais respeitada". Para tanto, ele desenvolve um projeto de criação de Casas da Cultura Cigana em diferentes regiões do Estado que devem propiciar ao povo cigano um rodízio de tendas. "Uma das características do povo cigano é ser nômade e a cada três meses, por exemplo, a Casa seria ocupada por um grupo diferente", disse ele.

Para conhecer mais sobre o trabalho de Ronn Marckes, ligue para: (11) 9123-6153.
Para ver e ouvir, clique aqui.
Share |

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Pingentes: Caravanas Ciganas

Que jóias mais lindas! São da Gold & Silver Charms.
Share |

domingo, 12 de setembro de 2010

Cantiga da Amizade Cigana


Cigano com o pé na estrada
Cigana de saia rodada
Trazem beleza e ouro
Defendem com faca e espada

- Cigano, quer ser meu amigo?
- Teu amigo eu sempre serei
Seguindo o caminho do ouro,
Contigo sempre estarei.

- Cigana, quer ser minha amiga?
- Tua amiga eu sempre serei
Seguindo a estrada do amor,
Contigo sempre estarei.

Cigano com o pé na estrada,
Cigana de saia rodada,
De dia o sol brilha alta,
Depois é noite estrelada!

(Fonte:www.omundodeeddie.blogspot.com)
Share |

sábado, 11 de setembro de 2010

Artes Plásticas: Figurino Cigano

Desenho de moda, um lindo trabalho de Paula Dunguel, moda cigana em traços leves e marcantes! Desenhos delicados e encantadores, adorei!
Para conhecer mais o trabalho de Paula, clique Aqui.
Paula, obrigada por ceder as imagens!
Share |

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Os Ciganos no Mundo

Os Ciganos são conhecidos, pelo mundo, por diversos nomes. Vou apresentar alguns deles:
Nesse primeiro grupo, os nomes para os nômades vem de atsincani, cujo radical sofreu algumas alterações que resultaram no nome cigano ou outros com mesmo radical.
Atsincani - Grécia
Tchinganie/Tchinghiani - Turquia
Tzigani - Bulgária
Zigani - Romênia
Ciganiok/Czygany - Hungria
Zingari - Itália
Cigano - Portugal/Brasil
Cigan - Bulgária
Ciganin - Sérvia
Cygan - Polônia
Cykan - Rússia
Czygany - Hungria
Cigano - Lituânia
Zigeuner - Alemanha e Holanda
Zuygener - Alsácia
Zigenar - Suíssa e Alemanha
Cingan - França (anteriormente)
Tsigane/Gitanes/Bohemies - França
Zingano - Italiano
Ciganus - Latim medieval

No próximo grupo, predominam os nomes que derivam de gipsy, cujo radical deu origem ao nome gitano e seus similares:
Egitanos - Gitanos - Espanha
Egiptoi - Grécia
Eugit - Albânia
Gitanes - França
Giptenaers - Holanda
Gypsies - Índia, Reino Unido
Mustalaiset ou Romaanii - Finlândia e Suécia
Mas frequentemente, os Ciganos são confundidos com outros nômades com modo de vida semelhante no que se refere à maneira de se apresentar e morar, e que para se preservarem culturalmente, preferem estar com os seus, com que se relacionam sob a égide de um código moral e ético bastante rigoroso para os gadjés (não ciganos).
No entanto, os Ciganos também são comparados nos países europeus, a outros grupos nômades. Principalmente nos países em que a presença de estrangeiros é muito pouco tolerada. Por isso mesmo são identificados por nomes de outros nacionais, também repudiados em tais países:
Ismaelitas - Hungria e Romênia
Filistins - Polônia
Tártaros - Alemanha
Assírios e Etiópios - Inglaterra
Romanichels - França
nouches - França
Húngaros - Espanha, Itália, Portugal e Brasil (anteriormente)
Errants - Países Árabes

De todas as denominações citadas acima, "Cigano", é a mais popular e mais comum às línguas neolatinas.
Dois grandes grupos ciganos formam a raça: os Rom (incluindo nesta denominação também os Sinti) e os Calé. O grupo Rom se subdivide em diversos subgrupos e clãs, identificados pela atividade profissional exercida. Distinguem-se entre si por particularidades pouco significativas, no que diz respeito a seus costumes ou aspectos de alguns rituais familiares, mas falam a mesma língua, porém com dialetos distintos.
Share |

Dicas para Rituais


Algumas dicas básicas para o sucesso de um ritual:
- Acenda velas ou incensos sempre com fósforo e apague-o no ar, nunca sopre-o;
- Utilize sempre o material pedido no ritual, evite substituições;
- Cumpra com perfeição os horários indicados, dos anjos, das fases lunares ou outros;
- Realize o ritual sempre só ou acompanhado de pessoas de extrema confiança;
- Use todo poder de concentração e fé;
- Nunca peça por pessoas, mentalize apenas o sentimento do desejo;
- Ao receber uma graça, não esqueça de agradecer ao Universo e ao mentor invocado durante o ritual.
- Oferendas e pedidos deverão ser feitos sempre pela manhã, rituais à noite.
- Para despertar a vidência, antes do ritual, tome suco de limão.
Faça tudo com fé, determinação e respeito ao Universo.
Qualquer dúvida, por favor me escreva, terei o maior prazer em esclarecer e ajudar.
Boa Sorte!


Share |

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Uma hora na vida...

Chega uma hora na vida em que você descobre:
Quem interessa,
Quem nunca interessou,
Quem não interessa mais...
E quem ainda vai interessar,
Portanto, não se preocupe com quem já fez parte do passado;
há um motivo para não estarem no seu futuro.
(Autor desconhecido)
Share |

Cigana Esmeralda

Cigana Esmeralda, uma cigana de vibração espiritual de muita luz e força. Protetora da fartura e dos alimentos. Cigana muito bela, andava sempre com uma cabra branca de mascote.
Esmeralda é natural de Évora, em Portugal, porém viveu também na Espanha e França, onde aperfeiçou seus dotes culinários. Como protetora da fartura, adora tachos, facas e colher de pau.
É festeira, risonha, mandona, deve ser tratada com cuidado e amor.
Adora dançar com seu pandeiro, enfeitado com fitas coloridas, tem olhos esverdeados, usa uma tiara com moedas e pedras verdes.
Sua força em vida, era a justiça e a piedade. Gosta de bebida fina, frutas, doces variados. É uma grande doceira da magia cigana.
Sua lua é a cheia, e o seu dia é o domingo.

Pote da Fartura da Cigana Esmeralda

Faça um pote da fartura para que nada falte à sua casa.
Pegue um pote pequeno, coloque dentro dele um pouco de cada um destes grãos: -ervilha, lentilha, arroz com casca, amendoim, grão de bico, trigo em grão. Coloque por cima três moedas atuais, com o valor virado para cima, e um quartzo citrino no meio delas. Deixe energizando por três dias, na lua crescente, e peça à lua que empreste sua força mágica para que nada falte na sua casa. Coloque dentro de casa, num lugar alto. E Boa Sorte!

Oração da Cigana Esmeralda
Espírito de luz…
Santa Sara, minha protetora, cubra-nos com seu manto celestial.
Nós filhos do vento, das estrelas, da lua cheia e do pai sol.
Pela força da cigana Esmeralda, abençõe à todos nós que somos filhos do mesmo Deus.
Minha cigana Esmeralda, sempre que um aflito te invocar dê-lhe consolo,a harmonia e a energia de sua paz.
Que ao olhar a chama de uma vela, passamos sentir tua presença.
Cigana, cubra-nos com sua saia colorida de todos os perigos e dos invejosos…
Cigana encantada,pela sua força,abra os caminhos da prosperidade e da fartura.
Cigana cura os males do espírito,da alma e da matéria.
Cubra-nos com sua alegria.
Que possamos sentir em cada leve brisa seu perfume de amor…
Linda Esmeralda, que nossos pedidos sejam atendidos.
Cigana Esmeralda, que nesta hora possamos sentir segurança, paz e felicidade!
Share |

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Chá do Amor

Após alguns dias de muito calor, o frio volta a imperar... e para aquecer essas noites junto do(a) seu (sua) amado(a), uma receitinha de um chá mágico para aquecer ainda mais os corações.

Ferva todos os ingredientes: água mineral, 01 maçã vermelha cortada em 06 pedaços, 06 pétalas de rosa amarela, 06 cravos da índia, 06 paus de canela e mel à gosto. Estará pronto quando a maçã amolecer. Coe e beba junto do seu amor.
Share |

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Não se Acostume...

Não se acostume...
Não se acostume com o que não o faz feliz,
revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças,
mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!
(Fernando Pessoa)
Share |

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Artes Plásticas: Romany Caravan

A arte de cortar papel, Romany Caravan, de Helen Musselwhite. Um lindo trabalho feito inteiramente à mão. Para conhecer mais sobre a artista, clique aqui.
Share |

domingo, 5 de setembro de 2010

Música: Tierry Robin

Thierry Robin, discografia obrigatória para os amantes da música cigana.
De alma cigana, é um músico de real exceção.
Pertence à restrita casta de exímios improvisadores de cordas e de delicados artesãos que embelezam a sua arte com infinitos rendilhados. Além de exímio executante de alaúde, bouzouki e guitarra, que o coloca num pedestal semelhante ao do sueco Ale Möller, do grego Ross Daly, ou de um outro francófono - Patrick Vaillant –, Robin é um verdadeiro alquimista da composição, um Merlin dos tempos modernos, que consegue juntar, num único caldeirão, as músicas ciganas que vão de Espanha à Ásia Central, passando pelos Cárpatos e pelo Báltico. A sua poção mágica torna um qualquer Assurancetourix (o irritante bardo da aldeia gaulesa de Astérix) num tenor peso-pesado romano. É notável como o flamenco, que parece um género musical confinado à Península Ibérica, é a locomotiva através do qual Robin e os seus músicos efectuam uma enriquecedora viagem sem freios, pela linha do Oriente. A guitarra e o alaúde de Robin, a divina voz cigana (de flamenco) do espanhol Pepito Montealegre, que chega a roçar o céu qwwalli e a fazer a devida vénia ao mestre Nusrat, quebram fronteiras terrestres. A combinação perfeita destes elementos com percussões afro-latino-americanas-e-arábico-andaluzes (com destaque para o cajon e “ocean drum”) de um talentoso instrumentista brasileiro Zé Luís Nascimento e com o acordeão de Francis Varis algo “brastchtiano”, contaminado quer pela delicadeza melódica da bal musette francesa (pouco), quer pelo desvario cigano dos balcãs (muito), constituem a fórmula de uma música que viaja livremente como o ar, através do tempo e da geografia.

Para ver e ouvir, clique AQUI.
Para conhecer mais, clique AQUI.
Share |

sábado, 4 de setembro de 2010

Ciganos, o Povo das Estrelas


Os Ciganos são chamados de "povos das estrelas", e dizem que eles apareceram há mais de 3000 anos. Porém de acordo com a tradição, a teoria mais frequente sobre sua origem, é que após um período de adaptação neste planeta, os ciganos teriam surgido no interior da Terra, e esperam que um dia possam regressar ao seu lar.

Prezam a interação com a Natureza, seus ciclos e sua força geradora. Esse povo canta e dança tanto na alegria, como na tristeza, pois para o cigano, a vida é uma festa e natureza que o rodeia, a mais bela anfitriã. Sua ética: honra e justiça, senso e liberdade. Para eles, tudo na vida é "maktub".
Share |

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Inspiração em Cores, Caravanas Ciganas

Inspiração em cores, uma bem para alma e um aconchego para o coração. Caravanas Ciganas, lindas de viver!

Share |

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Lua Criança


Olá! Sei que estamos entrando na lua minguante, mas me deu uma vontade imensa de ensinar um ritual para lua crescente.... Então aproveite essa fase (minguante) e mande embora toda energia equivoca que estiver por aí, e se energize na lua nova e se prepare para uma nova fase, na lua crescente.
A Lua Crescente é, na verdade, uma lua criança. Quando ela estiver nessa fase, parecendo um sorriso, concentre-se e faça um pedido, procurando rimar as frases. A lua criança aprecia as frases rimadas, e quando estiver adulta, ou seja, quando se transformar em lua cheia, irá atender o seu pedido. Boa sorte!
Share |

O interior de uma Carroça Cigana


Esse é o interior de uma carroça cigana, cheia de cores, cheia de sonhos, um cantinho sagrado e encantador. Um sonho.

Share |

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Artesanato Cigano do Brasil

A virtude de adaptar-se às circunstâncias de cada pedaço de mundo, vivendo da melhor forma possível e preservando a liberdade é algo que os ciganos cultivam quase como um dogma. Por isso, Sheila Sibyla Rudana Varnagy, descendente direta dos ciganos do Grupo Lowara , da Hungria, criou a Associação VOCÊ É MAIS, que reúne mulheres de diversos segmentos sócio-culturais com o objetivo de produzir artesanatos com grande aceitação nos mercados interno e externo.
Todo o artesanato produzido é vendido em feiras e lojas da rede Mundo Verde, lojas de presentes e decoração e também na carroça cigana da ARTES RUDANA- Artesanato Cigano do Brasil.
Para participar da associação, mande um e-mail para vmartesanatos@yahoo.com.br. Mais detalhes, clique AQUI.
Lindo trabalho, parabéns pela iniciativa.
Share |