De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

sábado, 23 de outubro de 2010

Reencarnação - Toques Vitais da Sabedoria Cigana

Quem acredita em reencarnação? Com um suave toque cigano... perfeito! O texto é longo, mas vale a pena conferir:

Todo espírito é meio-cigano!
Ao longo das muitas vidas, viaja muito.
Uma hora, é mulher; outra hora, homem... Eternamente
viajando...
Quantas vezes dançou em volta de fogueiras?
Quantas vezes teve seu sono embalado pelos pais, enquanto
ouvia histórias sobre heróis e fadas?
Quantas vezes amou, brigou e entrou e saiu de corpos
transitórios?
Quantos parceiros já teve?
Que riqueza é a reencarnação!
Poder ser homem ou mulher; alto ou baixo; branco ou negro; amarelo ou vermelho; gordo ou magro. Tudo é possível!
A riqueza está na mudança, na possibilidade de ir e vir, sempre...
O espírito é o mesmo, mas a roupagem muda, como deve ser.
Os milénios passam, as vidas se sucedem, e as danças mudam!
Quem não aceita a reencarnação, é porque quer tudo igual, sempre formatado de acordo com a própria intransigência.
No entanto, o idoso de hoje será a criança do futuro.
E a criança de agora é o velho de outrora!
Atrás do véu dos sentidos e dos corpos, o mesmo espírito.
Nos olhos – azuis, verdes, castanhos, claros ou negros
- o mesmo brilho do eterno.
Que maravilha, poder ser tudo, de todos os jeitos!
Poder aprender bastante, sendo muitos! E, ao mesmo tempo, sendo o mesmo!
Todo espírito é meio-cigano, pois viaja muito... E dança em volta das fogueiras do infinito.
E a Mãe Divina – ou Pai Divino, se quiserem -, dança junto, dentro de cada ser.
A vida jamais será do jeito que os homens desejam.
Cada dança é diferente das outras; cada momento é uma dádiva; cada vida, uma grandeza!
Mudam as vestimentas e os costumes. Contudo, o dançarino é o mesmo, pois é eterno!
Que todas as danças sejam lindas! Que os dançarinos sejam muito felizes!
Comemorem a vida, de que jeito ela vier!
Ninguém é marioneta!
Cada um é que faz a própria vida.
Cada escolha gera repercussões.
Cada ser é sagrado!
O amanhã é feito dos momentos presentes.
Cada um carrega o futuro dentro de si mesmo;
Suas contradições e, também, seus acertos.
Construção ou destruição?
Bênção ou maldição?
Cada um escolhe como quer ser e viver.
Cada um leva consigo mesmo a energia do que se projecta como atitude no mundo.
Cada um é responsável pelo que pensa e sente!
Cada um faz sua música se propagar nas ondas do mundo.
Na longa fieira das vidas seriadas, quem semear, colherá!
E, neste exacto momento, cada um está fazendo o seu amanhã.
Que a semeadura seja linda, para que a colheita seja feliz!
Na vida, no amor e em qualquer coisa, cada um faz o seu próprio caminho.
Chamam isso de causa e efeito! Mas, as ciganas chamam de liberdade de escolha.
No baralho da vida, cada um joga com as cartas que tem na mão.
Ás ou rei? Valete ou dama? Não importa! O que vale é saber jogar direito com a mão que se apresenta.
As cartas são da vida e mudam de mão; mas os jogadores são os mesmos; Só mudam a mesa e as jogadas.
Quem quiser conhecer o seu amanhã, que preste atenção no seu dia de hoje, pois um é efeito do outro.

(Fonte:"Vida e Realização sadia " - Wagner Borges)
Share |

Um comentário:

  1. Bom dia amiga!
    Quase nunca comento algo, mas estou sempre por aqui visitando, acompanho tudo!
    Hoje tenho tempo e quero comentar sobre seu texto.
    Sim, acredito em reencarnação, gosto de pensar que existe depois e não somente aqui e agora e acredito também que tudo está ligado e nossas atitudes se fundem com passado e futuro, vida e morte.
    Adoraria encontrar minhas pessoas amadas e são tantas!
    Desejo que você tenha um domingo bem colorido e tranquilo.
    Beijos
    Lenita Vidal

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Flores de Lis... prá você!