De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Mensagem de uma Cigana

"Durante toda a caminhada, mantivemo-nos vigilantes de nossos filhos. Dentre ao que nos é permitido: zelamos, defendemos, acolhemos, aconselhamos, ralhamos, acarinhamos e ensinamos.
Alguns acompanharam nossas caravanas, por prados, florestas, montanhas, lamaçais, durante a ventania, o sol escaldante dos desertos, a chuva e o bom tempo. Outros se cansaram, sentaram-se à beira do caminho até o último de nós passar, e retomaram a áspera caminhada a nos seguir. Ainda outros, se distanciaram de nós por algum tempo e ainda assim conseguiram nos alcançar. A estrada da vida é árdua, as pedras do caminho machucam os pés e o turbilhão de emoções maculam o coração e às vezes, deixam cicatrizes profundas na alma.
Mas por favor, filhos não percam a fé, nem desistam da caminhada.
Quem compartilha de nossa energia é forte como as rochas, ardente como o fogo, suave como a brisa e transparente como a água. Sejam livres como os pássaros que voam, mesmo que em seus pensamentos! Tenham a beleza e a sutileza da flor que desabrocha e perfuma.
Não desistam do caminho a ser trilhado, para que nunca se afastem de nossa caravana.
O tempo não existe e amanhã, os pandeiros chocalharão, fitas coloridas se agitarão e então, veremos a dança da vida e se fará festa. E nós, aqui estaremos de braços abertos para recebê-los em espirais de amor! Que Diel olhe por todos nós!"

(por Kamai- morada dos deuses)
Share |

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Flores de Lis... prá você!