De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

terça-feira, 27 de julho de 2010

Música: Hino Cigano

Consagrou-se oficialmente durante o 1. Congresso Cigano, em 1971, em Londres, como o hino internacional dos ciganos, uma adaptação feita em uma canção popular cigana dos países europeus, com versos inspirados no ciganos que foram reclusos nos campos de concentração durante a 2. Guerra mundial do Ron Yuguslavo Jarko Javanovic, de nome Djelém Djelém. Com versão nova dada por Seronia Vishnensky.

Djelém, Djelém (Opré Romá)
Djelé djelém lungóne droméntsa,
Maladilém baxtalé Rroméntsa.
Ah, Rromalé, katár tumén avén,
E tsahrêntsa, baxtalé droméntsa.
Ah Rromalé,
Ah Chavalé.
Vi man sasi ekh barí famílija,
Mudardá La e Kali Legíza;
Avén mántsa as e lumnjátse Rromá
Kaj phutajlé e rromané droméntsa.
Ake vrjáma, ushti Rromá akaná,
Amén xudása mishtó kaj kerasá.
Ah Rromalé,
Ah Chavalé.

Levantem-se Rom
Viajei ao longo de muitas estradas,
E encontrei ciganos felizes.
Digam-se de onde vem
Com suas tendas
Nestas estradas do destino?
Oh, ROM
Oh, jovens Rom
Eu também tinha uma grande família,
Mas a Legião Negra a exterminou;
Venham comigo, Rom do mundo inteiro,
Percorreremos novas estradas.
É hora, levantemo-nos,
É chegado o momento de agir,
Oh, Rom
Oh, Jóvens Rom.
Para ouvir, clique aqui.
Share |

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Flores de Lis... prá você!