De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

De Fadas, Feiticeiras, Ciganas é o sangue que me nutre...

quinta-feira, 27 de maio de 2010

O Homem na Dança Cigana

O homem na dança, dança basicamente por duas razões, porque está feliz e quer festejar ou porque quer agradar os Deuses para contar com seus benefícios e bençãos.
A dança para os ciganos é assim como para todo ser, é uma forma de liberar as emoções anteriores, de dar vazão aos sentimentos através de movimentos corporais.
A dança pode ser executada de maneira solitária, em par, em grupo, de forma profissional ou amadora, clássica ou moderna. Mas em qualquer uma das formas, o dançarino deve ter preparo físico e amor pela dança. Os ciganos têm na dança, uma forma exuberante de expressão, tirando dos passos, dos volteios do corpo, do rodar, do meneio de suas cabeças, uma alegria contagiante, talvez, única. O bater das castanholas, espantam a negatividade. É o verdadeiro dançar da alma, a dança cigana mágica da natureza.
Homens e mulheres dançam separados, não existindo toques ou contao físico entre eles. É sempre mantido o respeito.
Os baialados masculinos lembram as danças gregas, com braços estendidos nos ombros e movimentos de pernas para as laterais do corpo. Os ciganos residentes ou procedentes da Espanha, dançam o flamenco, onde é forte o sapateado, o bater forte das palmas das mãos, e o som seco e rápido das castanholas.
A dança é livre, sem regras, mas sempre com o respeito e limites entre homens e mulheres.
Share |

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Flores de Lis... prá você!